A expectativa é de que a família comece a se preparar em fevereiro, o presidente do design e#34; reconstruindo#34;

0
10

1 de 1 Evaldo Silva, Presidente do Genus-XX_ENCODE_CASE_CAPS_LOCK_On foto: divulgação

evaldo Silva, presidente do gênero-foto: divulgação

A equipe Genus começará a pensar em cerca de 2021. O clube do presidente Evaldo Silva argumenta que o início das atividades do clube que se concentram no Estado será em fevereiro. E isso até 10. Treinador será montado para janeiro. Três nomes estão na análise. Enquanto isso, Lucas Brilha, que pertence ao aurigrena, realiza uma recuperação que auxiliará a equipe durante o concurso. Ele estava operando o joelho e está na sala de recuperação.

O ano de 2020, Evaldo afirmou que nos planos da equipe o metal foi evaporado nos planos da equipe. Na próxima temporada ele é melhor projetado para ele.

Foi um ano de destruição. Agora temos que procurar 2021 para reconstruir, cada pessoa perdeu alguém ou algo pró-disse ge.globo/ro.

Além disso, Evaldo diz que deve investir em atletas da casa, mas com a mescla da chegada de reforços do lado de fora. Nesta temporada, Genus estava usando os atletas da base Humaic-AM, onde ele enviou seus jogos.

-Ainda vemos as possibilidades de manter atletas de casa e procurar o backup-finalizado.

Em 2020, Genus terminou a primeira fase com uma vitória e um sorteio de prêmios em cinco jogos. Permaneceu com 26,66%% de uso em campo. O Clube ganhou mais seis pontos em consequência da demissão de Guajará e Rondoniense SC.

+ Status Release por 2020

+ Leia como ele irá afirmar o estado de 2021