Baptista vê Mirassol pronto para o acesso e avisa: “Novo ano, só quando terminar a série D”

0
9

O técnico Eduardo Batista vê Mirassol como o time pronto para o acesso na série D. Leão recebe seu próximo sábado no 19h, o Aparecidense no primeiro jogo do concurso de quartas de final. O jogo de decisão é realizado uma semana depois, em Aparecida de Goiânia. Quem avançar para as semifinais garante um espaço livre em 2021. O ge é acompanhado por uma partida em Tempo Real.

E com o objetivo fixo da divisão de montanhismo na Copa do Brasil, a comissão liate e técnica de Mirassol não salvou o esforço nos dois próximos jogos. Por esta razão, o treinador já aconselhou que as férias sejam celebradas apenas quando a competição acabar.

-Todos compraram essa ideia em um momento tão difícil para o mundo para alcançar um grande objetivo. Nos encontramos no clube, que fornece condições totais, foi elevado para o campeonato brasileiro com a possibilidade de acesso. Tudo isso foi reforçado pela equipe e todos nós entendemos o nosso momento. O novo ano é apenas quando você completa a série D. Festividade acontece quando alcançamos todos os nossos objetivos na competição.

+ Veja os cortes de cabelo da série D Quarter

1 de 1 Eduardo Baptista foca no acesso à série C em 2021-Foto: Marcos Freitas / Agência Mirassol

Eduardo Baptista foca em acesso à série C em 2021-Foto: Marcos Freitas / Agência Mirassol

À frente do Mirassol desde setembro Baptista acredita que a equipe “sabe o que fazer” para garantir o acesso. As esperanças de que a equipe construa um bom resultado em casa para fazer uma partida segura no confronto em lone.

Esta é uma casa mando muito forte, e nós temos que fazer por isso. Comece bem para confirmar o resultado. A revelação também tem mando muito forte e é importante começar em casa, para que o resultado para nós tenhamos um jogo seguro em Goiânia-disse, treinador.

+ Fechar o acesso na linha D, Eduardo Baptista fala em resignação ao ” Mercado de demissão ”

Eduardo Baptista vê Mirassol e Aparecidense como times semelhantes, e assim acredita em um conflito aberto e bem desafiado entre o acesso de rua ao acesso.

Eu conheço o grupo Aparecidense do ano passado que ela enfrentou esse tópico. É uma equipe que tem uma filosofia muito parecida que a nossa. A equipe que pontuar muito forte, que está tentando jogar, não é uma equipe que eu acredito vir para jogar atrás. Ele joga ofensivamente, está arriscando alguns riscos. É um adversário difícil, e será um bom jogo, para que possamos atingir nossos objetivos.

+ Mirassol x Aparecido do Aparecidense: Anderson Daronco apita jogo de ida das quartas de final da Série D