Em meio a toda polêmica sobre sua vitória por decisão dividida para Edson Barboza no UFC 242 sábado, o lutador americano Paul Felder manifestou-se publicamente em redes sociais nesse ambiente. O dragão “Irlandês”, escreveu a mensagem, colocando panos quentes na polêmica e protegendo o resultado. Ele também aproveitou a oportunidade para oferecer uma terceira luta contra o brasileiro (dois olharam em 2015, com a vitória do cão de guarda), mas fez um pedido: “a luta há cinco rodadas, e não três.

“Se precisamos lutar novamente, eu seria feliz, mas esta trilogia deve ter cinco rodadas, porque alguém tinha que ceder, e esse alguém não era eu. Se a torcida e Edson precisa de um resultado, é claro, o principal ou o evento, e o nada”, escreveu Felder no final da mensagem.

A equipe de Edson Barboza protestou o resultado em UFC, na esperança de que seja cancelado ou devolvido. Terça-feira, fácil brasileiro também usaram as redes sociais para reclamar, o que classificou como injustiça, e divide opiniões de fãs e jornalistas, afirmando que ele ganhou a luta.

Felder disse em seu post, o que não foi falado, porque foi um ano se alegra com a sua filha. Em seguida, listou as razões pelas quais acredita que o derrotou, o que ele descreveu como “a guerra, a luta de touros, entre duas pessoas experientes, que gostam de bater uns aos outros”.

“Eu cliquei toda a luta, eu golpeei a luta inteira, eu nunca associou toda a luta, se ele estiver ligado, eu respondia… toda a luta. Quando ele me derrubou, ele, que sofreu danos… toda a luta. Eu nunca cansado, ou para reduzir o seu ritmo durante toda a luta. Sofreu um corte de impacto da cabeça, Edson sofreu um tribunal por causa de fraudes. Como fizemos tantos de nossos corpos nesta luta, que, se alguém quer sair com a derrota irritado com razão, mas os números não mentem”, disse o fácil americano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui