Impacto nas finanças: Botafogo tem perda menor com portão fechado, mas perdendo a bilheteria

0
11

A Pandia do novo Coronavir vem interferindo no futebol em todos os aspectos até 2020. De acordos comerciais a uma rotina de um jogador ” Treinamentos. A realidade não era diferente quando era o tema do estádio. Com o portão fechado em bastante toda a temporada, o Botafogo até teve uma lesão menor, mas parou de contar com os torcedores e a saída para o caranguejo.

Neste ano, o Botafogo teve que pagar $2,7 milhões para dispuar o Campeonato Carioca, a Copa do Brasil e o campeonato brasileiro. São as dívidas que aparecem nos borderfatos que Ferj e CBF lançaram. Em competições nacionais, foram 19 jogos no Nilton Santos em 2020, tudo com lesão. No Estado de Bota, ela se envolveu em uma operação de 12 jogos, porque dividia os custos de clássicos e jogos contra os pequenos.

  • Carioca: perda de R$ 1.175.397,08
  • Copa do Brasil: perda R$ 170.036,03
  • Brasileirão: lesão R$ 1.423.515,53
  • da 5 Maioridade das partidas de Botafogo em casa em 2020 foi assim sem fotografias distorcidas: André Durão / ge

    As partidas do Majorita Botafogo em casa em 2020 foi, portanto, descontratado-Foto: André Durão / ge

    Cenários não são mais favoráveis, mesmo com o público no estádio. Sobre o Estado e o nome-e apelo de jogos da Copa do Brasil, a torcida da torcida não participou do vaso. No Carioca, o prejuízo foi de R$ 941.704,41 em nove jogos antes da paralisação, em casa ou em outros estádios. Na Copa do Brasil, a equipe acabou de lucrar quando jogou fora do Rio de Janeiro, contra Kashias-RS e Náutico.

    A propósito, as contas permanecem em azul apenas, em conformidade com Nilton Santos. O maior lucro foi no clássico contra o Flamengo, um estado em que cada um dos rivais veio com quase $250. Sobre a Copa do Brasil, o clube aumentou R$ 16 com os adversários ” -ingressos para o escritório que são válidos no escritório. A maior perda já foi no Carioca, em um jogo com portão aberto contra o Resende que preço 275.705.72.

    2 dos 5 Pedro Raúl comemora um dos gols na vitória sobre o Resende que criou a maior perda de Bota em 2020-Foto: Vitor Silva / Botafogo

    Pedro Raul comemora um dos gols em uma vitória sobre o Resende, que gerou a maior perda de Bota em 2020-Foto: Vitor Silva / Botafogo

    Problema Velho

    Pandemia complica a situação, mas o Botafogo é um problema para tornar Nilton Santos mais rentável não hoje. Os números dos últimos anos mostram que as contas estão ainda mais em vermelho, com os portões abertos.

    Em 2018 e 2019, o Botafogo levou em média 12 pessoas para jogar no Nilton Santos. E, na prática, ele teve que pagar para jogar toda a competição.

    3 de 5-Foto: Play

    -Foto: Reprodução

    4 de 5-Photo: Reprodução

    -Foto: Reprodução

    Na última temporada, o Bota tem um R$ 10 milhões com quadro, mas o custo dos jogos custa R$ 14 milhões. Em 2018, a arrecadação foi menor, de R$ 6,6 milhões, e o custo ficou em R$ 11,4 milhões. Os números estão nas encostas descoladas pelo próprio clube.

    Este ano se deu a volta, mas o ano de 2020 ainda não está terminado na prática. Se quiser fechar as contas da temporada, o Botafogo tem mais cinco jogos como mandante no campeonato brasileiro. Longe do ventilador, mas com custos operacionais mais baixos.

    5 de 5-Photo: publicando

    -Foto: editora

    SUA ESTRELA SOLITÁRIA NOS CONDUZ … PARTE: CLIQUE AQUI!