Jogadores ” Salvadores e#34; por Hélio dos Anjos formam a espinha dorsal da defesa sólida Náutico

0
9

Para Hélio dos Anjos, a melhora na defesa ajuda a explicar o bom estágio Náutico sob seu comando. O treinador reduziu para metade a média de gols sofridos por Timbu-que, em 10 jogos, foi escapado apenas seis vezes na gestão do treinador. Curiosamente, parte do crédito deve ser adicionado a esses jogadores que antes da chegada da Hélia eram reservas.

+ Veja mais notícias da classe Náutica

Hoje em dia, lado esquerdo Kevyn e Djavan volante são titulares absolutos. Rafael Ribeiro ainda não tem condição, mas vive um bom momento e, nesse momento, está diante de Ronaldo Alves na disputa-ainda que o ex-capitão esteja pronto para jogar e se recuperando da lesão.

+ Náutico termina dez jogos com Hélio dos Anjos e o desempenho com o treinador deixaria o tempo em G-10

Djavan

Antes da primeira empresa como titular e sob o positivo Hélio como pista base no meio de campo, o Djavan ficou fora do espaço com o técnico Gilson Klein. Ele nem chegou a ter o fato de que se conectaria com o último jogo do treinador.

Dentro de Hélio, Djavan tornou-se um líder da equipe na segunda partida (contra o Vitória, desenhos em 0 e 0). E não deu mais certo. Atualmente, é na ordem de nove jogos seguidos como titular (de 10 que Hélio comandou a equipe). Em nenhum lugar na temporada, o volante foi conduzido por um fio desde que começou, ou entrou no curso.

1 de 3 Djavan enquanto pratica com o Náutico-Foto: Caio Falcão/CNC

Djavan ao praticar a partir do Nautico-Foto: Caio Falcão/CNC

Kevyn

Contrabaixo para ser a terceira opção à esquerda, Kevyn adquiriu o espaço fazendo-os alguns na equipe. É verdade que até jogou dois como retentora com o antecessor de Hélio, Gilson Klein, mas logo foi desenhado da equipe-na virada de um vtek-existente-existen, Wilian Simões.

Mas a contratação de um novo treinador mudou Kevyn do planalto para ocupar o alvirrubro. A confiança em seu potencial, Hélio, nem sequer o competiu para renovar o Simões, cujo contrato terminou 30. º de novembro e não foi prorrogado, por decisão do clube.

A partir desse tempo, Kevyn na posição está em posição absoluta: assim como Djavan, ele disputou nove jogos como mantendo 10, o qual comandou Hélio. É também o momento da temporada, no qual é muito importante para o Náutico. Tanto que o treinador vai pegá-lo como um símbolo de reconstrução alvirrubra.

+ Kevyn revela ajuda de Kempes, ex-Chape, após a ameaça de milícias: ” Ele salvou minha vida. ”

2 de 3 Kevyn em Treinamento Náutico por CT-Foto: Caio Falcão / Náutico

Kevyn em Treinamento Náutico no CT-Foto: Caio Falcão / Náutico

Rafael Ribeiro

A partir de três, é o que ainda não significa que você tenha gostado do prestígio durante toda a temporada 2020. Ele chegou a ser cogitado como um guardado, quando o Náutico fez a limpeza no elenco, no final da primeira rodada da Série B, e é negociado para o Fluminense.

Com o retorno de Ronaldo Alvesa, lesionado desde o início do ano, Rafael perdeu o espaço. Ele voltou para a reserva, que só foi acionada quando Ronaldo ou Camutanga não estavam disponíveis.

No entanto, um deles conseguiu movê-lo como uma imagem importante na equipe. Ele foi acionado no início do jogo contra o Guarani (rodada 25ª) quando Camutanga foi ferido. Ele jogou dois jogos e saiu de novo, com o retentor de joelhos para o time.

Contra o Botafogo-SP, em 28ª, foi Ronaldo Alves. ” -Não, não. Rafael entrou na equipe e se arrisca: Com ele em campo, o Timba não teve que sofrer gols nos três jogos que fez. No segundo deles, na frente de Cuiabá, zagueiro foi um herói duplo. Em uma pausa de três minutos, Raphael salvou Náutico do gol certo e marcou, sozinho, sozinho, o primeiro de Timba.

Com base nesses discursos, Hélio dos Anjos a elogiou muito. E isso deve seguir a equipe, mesmo com a próxima rodada Ronaldo Alves, em fase final de recuperação da contusão muscular que o tirou dos últimos estandes.

+ Rafael Ribeiro ganhou o elogio do técnico Náutico: ” Impressiona não só defensivo. ”

3 de 3 Rafael Ribeiro comemora gols marcantes contra o Cuiabá-Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press

Rafael Ribeiro comemora gol de gol contra o Cuiabá-Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press