Schumacher teria sido internado no Hospital Georges Pompidou em Paris — Foto: Getty Images
Schumacher teria sido internado no Hospital Georges Pompidou em Paris — Foto: Getty Images

Pressupõe um tratamento experimental, a qual Michael Schumacher seria correm o risco de, a injeção de células-tronco, foi solicitado por médicos ingleses. Durável em dezembro de 2013, heptacampeão de fórmula 1 teve sérios danos cerebrais, e logo se tornou conhecida oficialmente desde então. Nesta semana, o jornal “Le Parisien” informou que o Schumi, de 50 anos, teria dado entrada em um hospital em Paris, para receber esse tratamento, mas nada foi confirmado. O jornal Daily Express, diretor do Centro de Pesquisa sobre o Coma do Instituto Neurológico de Milão (Itália), Matilde Leonardo, foi muito cético.

– Não existe um tratamento experimental com células-tronco, que tem um efeito positivo para os pacientes em estado de consciência mínima, como Michael Schumacher. Notícias divulgadas sobre o ex-piloto de apenas alimentando falsas esperanças e enganar as famílias dos pacientes. Ontem de manhã eu recebi dois telefonemas de parentes de dois pacientes, que gostam de informações, para permitir que seus filhos acessem o mesmo tratamento. Eu vi, explicando que não sabemos nada sobre a existência de tratamento adequado, – disse o médico.

Schumacher seria levado para o Hospital Georges Pompidou, em Paris Foto: Getty Images

Para Leonardo, se há uma precipitação em relação a um tratamento com células tronco, e que ainda não pode contar com a solução de problemas neurológicos e de medula óssea, com essa abordagem:

– Todos nós esperamos que sim, mas a verdade é que (o tratamento) não existe, pelo menos por enquanto. Infelizmente, pesquisas realizadas com células-tronco para o tratamento de doenças que afetam o cérebro e a medula não deu o efeito esperado.

Tratamentos com células tronco ainda não são garantidos, para médicos — Foto: Getty Images

Tratamento com células-tronco ainda não é garantido para os médicos — Foto: Getty Images

Já o professor Brendon Noble, da Fundação Britânica de Células-Tronco, não acredita que o melhor tratamento, publicado, relacionada com lesões neurológicas, mas, na melhor das hipóteses, para o tratamento de outra infecção:

– Eu acho que isso é improvável, porque isso foi há muito tempo. Se há algumas complicações. Parece improvável para mim. Mas eu, definitivamente, não exclui a isso. Nós simplesmente não sabemos”, disse ele ao “Daily Mirror”.

Michael Schumacher conquistou sete títulos e 91 vitórias na Fórmula 1 — Foto: Getty Images

Michael Schumacher ganhou sete títulos e 91 vitórias na Fórmula 1 Foto: Getty Images

Finalmente, o cirurgião-ortopedista da Clínica de Reposição de Londres, Nima Heidari, no caso, se o tratamento será revelado a verdade, dificilmente será aprovado no reino Unido, considerando-se entregue a tempo.

– Deve ser a prova suficiente para obter um selo de aprovação. Para obter esse selo de aprovação de, às vezes, necessita de uma grande quantidade de investimentos, – disse ele.

A especulação de visitas

Segundo especulações da mídia, Schumacher seria visitam o ex-pilotos franceses Alain Prost e Jean Alesi, além do presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt, o chefe alemão durante a fase gloriosa na Ferrari.

No entanto, nenhum desses personagens se pronunciou sobre alguma possível visitar Schumacher em Paris. Destes, somente um, que mantém contatos regulares com o heptacampeão é Todt, que já informou que assisti a algumas corridas com Schumi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui