Pelaipe deixa a direção de futebol do Coritiba, e Brunoro assume uma nova mensagem

0
10

O futebolista do Paulo Pelaipe não foi cometido e deixou oficialmente o Coritiba. O líder tinha contrato até fevereiro, mas chegou a um acordo com o ex-Conselho para violar seu contrato. Chega um dia depois de a nova liderança ter assumido, com a vitória de Renato Follador.

O novo reduto do futebol do Coritiba é José Carlos Brunoro, que no período de 1992 1996 representou o papel principal do líder palmeirense no período ” de Parmalat ‘. Ela também passou por Fortaleza, Audax e Chapecoense, exceto que trabalhou na Confederação Brasileira de Basquete (CBB). Atualmente, ele é o Cruzeiro no planejamento e na estratégia do consultor e seu contrato termina nesta quinta-feira.

No relatório de Renato Follador, o Coritiba mudará sua estrutura de calçadista. O Brunoro será o diretor executivo do clube e haverá três coordenadores de futebol sob ele. Um deles deve ser Paulo Thomaz de Aquino, que anteriormente atuou como vice-presidente em 2014.

1 dos 2 José Carlos Brunoro é atualmente consultor para Cruzeiro-Foto: Igor Sales / Cruzeiro

José Carlos Brunoro é atualmente consultor para Cruzeiro-Foto: Igor Sales / Cruzeiro

Em caso de comando técnico, o Coritiba já tentou contratar Tiago Nunes, Mano Menezes e nomes polinizadores, como Diego Aguirre, Lisca e Vanderlei Luxemburgo. Olhando, Zé Ricardo contou a história que ele não pretende aceitar em nenhuma equipe antes de fevereiro.

Pelaipe conclui sua segunda transição da coxa

Este foi o segundo salto de Pelaipe do Coritiba. O diretor foi para o clube em 2018 e em agosto deste ano foi mais uma vez contratado para substituir Rodrigo Pastana. Em outubro, Paulo Pelaipe concordou com o Covid-19 e chegou a ficar 47 dias no hospital. O Pelaipe deixou a porta aberta para o Coritibe e tem ajudado nos últimos dias no período de transição.

2 de 2 Paulo Pelaipe fez uma segunda passagem pelo Coritiba e ajudou na transição de um novo trabalho-Foto: Coritiba

Paulo Pelaipe fez uma segunda passagem pelo Coritiba e ajudou na transição de uma nova gestão-Foto: Coritiba