Título mundial de surfe tem mais um capítulo de disputa na etapa da França
Título mundial de surfe tem mais um capítulo de disputa na etapa da França

Faltam Três etapas para o final do circuito mundial de surf e os dois Brasileiros estão perto na corrida para o título. Gabriel Medina, Felipe Toledo, separados por apenas 295 pontos (o próximo passo, é preciso 10.000 pontos e ir para o concurso em Hossegor, na França, para manter-se na melhor forma possível. A primeira chamada para este evento, que será na escadaria do sexo masculino e feminino, será na quinta-feira, em 4 (Horário de brasília).

Saiba mais

  • Gabriel Medina é o vencedor duas vezes na piscina de ondas, em Muro
  • Novos esportes nos jogos em Tóquio, dá impulso para o Brasil
  • Gabriel Medina, as delícias do caso, que é, me na piscina em Slater assume a borda
  • Passo em uma poça de Slater começa com o Felipe, a cidade italiana de alta
  • Os Brasileiros são os favoritos para o palco na piscina de ondas do circuito mundial de surf

Medina tende a fazer muito bem na França. Ganhou três vezes em 2011, com a idade de 17, 2015 e 2017, o mais brevemente possível. Ele foi vice-presidente, ficou em segundo lugar, e o pior posição na história, este é o quarto e quinto lugar. Qualquer um que vai para a corrida favorito adicionar ao chumbo, e, por esta razão, Filipinho você terá que superar de uma forma que não está indo muito bem.

O melhor lugar Filipinho, na França, foi o terceiro lugar de 2013, sua primeira temporada na categoria. Ele foi também o quinto e o nono lugar, mas também porque Duas vezes foi no dia 25.O local deste evento em Hossegor. No ano passado, não foi muito longe, e passou para 13.- A localização do. Por este motivo, o atleta, o trabalho de saber o que você precisa para ir para o bem de modo a não deixar Medina para sair.

Além de vocês dois estão no Brasil, você terá o macho ainda outros nove surfistas: Italo Ferreira e Caio Ibelli, Yago Dora, e Michael Rodriguez, Willian Cardoso, Jadson André, Peterson Crisanto, Jesse Mendes, Deivid Silva. Na ausência de maiores Adriano de Souza, campeão do mundo em 2015, que atualmente é ferido e perderá o restante da temporada.

Na equipe para o Brasil novamente o foco em italiano ferreiro, que ainda está na luta pelo título mundial, um pouco longe da cidade, Filipinho, e ele também está na corrida para a vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio. No final da temporada, os dois brasileiros mais bem colocados no circuito mundial formar e qualificar para os Jogos Olímpicos.

No país, o Brasil, será Tatiana Weston-web, o que pode garantir o atleta, o tipo de Jogos Olímpicos no final do estágio, Silvana Lima, Peru. As duas competem para o Roxy Pro na França, que tem como favorito Havaiana Carissa Moore, líder do ranking mundial e a luta para colocar o título da sua galeria de conquistas.

Ranking mundial de homens (depois de 8 etapas):

1: Gabriel Medina (Brasil) – 44.695 pontos

2: Felipe Toledo (Brasil) – 44.400

3: Jordy Smith (AFS) – 40.195

4: Kolohe Andino (EUA) – 36.505

5: Italo Ferreira (Brasil) – 34.600

6: Kanoa Igarashi (JPN) – 34.100

7: Owen Wright (Austrália) – 33.450

8: John John Florence (HAV) – 32.955

9: Julian Wilson (Austrália) – 26.205

10: Kelly Slater (EUA) – 25.705

11: Seth Moniz (HAV) – 24.215

12: Ryan Callinan (Austrália) – 22.790

13: Michel Bourez (TAH) – 21.515

14: Jeremy Flores (FRA) – 21.450

15: Deivid Silva (Brasil) – 20.590

16: Wade Carmichael (Aus) – 20.385

17: Conner Coffin (EUA) – 20.025

18: Adrian Buchan (Austrália) – 18.755

19: Willian Cardoso (Brasil) – 18.600

20: Griffin Colapinto (EUA) – 18.310

21: Caio Ibelli (Brasil) – 17.745

22: Yago Dora (bra) – 16.045

——–O outro Brasileiro

25: Michael Rodrigues (Brasil) – 15.255 pontos

27: Peterson Crisanto (Brasil) – 14.480

29: Jessé Mendes (Brasil) – 12.490

30: Jadson André (RN) – 11.925

33: Adriano de Souza (Brasil) – 8.730

41: Mateus Herdy (SC) 1.860

42: Krystian Kymerson (ES) 1.330

49: Alex Ribeiro (Brasil) – 265

Ordem copa do Mundo feminina da Fifa (em 7 passos):

1: Carissa Moore (HAV) – 47.260 pontos

2: Lakey Peterson (EUA) – 43.850

3: Sally Fitzgibbons (Austrália) – 42.070

4: Stephanie Gilmore (Austrália) – 39.810

5: Caroline Marcas (EUA) – 38.220

6: Courtney Conlogue (EUA) – 36.335

7: Manuel Mallia (HAV) – 30.410

8: Tatiana Weston-Webb (Brasil) – 29.865

9: Johanne Defay (FRA) – 27.730

10: Brisa Hennessy (CRI) – 22.885

13: Silvana Lima (Brasil) – 19.410

24: Tainá Hinckel (Brasil) – 2.610

Estadão

  • separator
  • 0
  • Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui